O MERCADOR E O LOURO


Era uma vez, um certo mercador que possuía um papagaio preso em uma gaiola. Um dia, estando de partida para a Índia, a tratar de negócios, dirigiu-se ao pássaro e assim lhe disse:

- Eu estou viajando à tua terra natal. Tens alguma mensagem que desejas enviar aos teus parentes de lá?
.
- Diz-lhes simplesmente, - disse o louro -, que estou aqui, vivendo numa gaiola.

Ao voltar da viagem, o mercador disse ao papagaio:

- Sinto dizer-te que quando encontrei os teus parentes na floresta e lhes contei que vivias engaiolado; a comoção foi forte demais para um deles, pois mal ouviu a notícia, caiu do alto do galho onde se achava. Sem dúvida, morreu de tristeza.

No mesmo instante em que o mercador terminou de falar, o louro caiu duro, no chão de sua gaiola.

Com pena, o mercador o tirou da gaiola e o colocou do lado de fora, no jardim. Então, o louro, que havia recebido e entendido a mensagem, se levantou, bateu asas e voou para longe, muito longe, fora do alcance do mercador.


 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>