A RAPOSA E AS UVAS.


Uma raposa estava andando pelo campo quando se deparou com uma enorme parreira carregadinha de uvas apetitosas e maduras.

Cada cacho se assemelhava a um favo de mel pela visão da raposa. Ela se deliciava só de olhar para as uvas.

Os cachos, entretanto, estavam muito altos e a raposa, por mais que saltasse, não conseguia alcançá-los. Ela tentou por muito tempo, até que desistiu.

Antes de ir embora, cansada pelo tempo perdido e o trabalho desperdiçado, ela olhou para as uvas e disse, concluindo com desdém: "Mas quem desejaria comer tais uvas. Elas estão verdes". E foi-se consolada.

Quando estava se afastando, escutou um barulho, como se algo tivesse caido do alto. Ela se voltou imediatamente para a parreira com a boca cheia de saliva e as orelhas em pé.

Texto adaptado por Carlos Paiva

 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>