O JULGAMENTO


Certa vez, estando em muita necessidade, Nasrudin roubou um porco para saciar sua fome.

Então ele foi preso e levado a julgamento. O julgamento foi rápido. Como não havia provas concretas contra Nasrudin, o Juiz mandou arquivar o caso contra ele.

Por algum motivo, Nasrudin parecia não entender o que estava acontecendo. Afinal ele estava arrependido por ter feito algo que não devia.

— O caso é julgado, — disse o Juiz — você pode ir. Está absolvido!

— Bem, obrigado, senhor Juiz, — disse Nasrudin — mas eu tenho que devolver o seu porco?


 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>