O HOSPITALEIRO NASRUDIN


Certo dia, Nasrudin estava de gozação com pessoas de um grupo sobre como era a sua tremenda hospitalidade. Uma das pessoas, ansiosa por fazer com que Nasrudin provasse aquilo que falou sobre si mesmo, perguntou:

Bem! Você levará todos nós para a sua casa e nos brindará com uma refeição, certo?

Nasrudin concordou e conduziu o grupo no sentido de sua casa. Ao chegar lá, ele disse para eles:

Esperem aqui fora para que eu possa fazer com que minha esposa saiba o que está acontecendo.

Ele entrou e falou com ela. Ela então respondeu, dizendo:

Nós não temos comida nenhuma. Você deve mandá-los embora!

Tenho certeza de que não posso fazer isso! ele respondeu fazendo um grande alarme minha reputação sobre a hospitariedade está aqui em jogo!

Bem, sua esposa disse, esconda-se lá em cima, e se eles começarem a chamar por você, eu lhes direi que você não está aqui.

Então, Nasrudin fez o que ela disse e deixou seus convidados esperando do lado de fora.

Depois que algum tempo se passou, eles ficaram muito impacientes e começaram a bater na porta e chamando pelo seu anfitrião.

Nasrudin! Nasrudin! eles gritavam.

A esposa de Nasrudin abriu a porta e disse para eles:

Nasrudin não está aqui.

Isso não faz nenhum sentido! um deles respondeu.

Afinal de contas, nós vimos ele entrar. Estamos esperando aqui, nesta porta, este tempo todo.

Nasrudin, assistindo a tudo do andar de cima, não conseguiu se conter e, debruçando-se na janela, gritou:

Eu poderia ter saído pela porta de trás, não poderia?

 

 

 

VOLTAR PARA VER MAIS HISTÓRIAS >>>